sexta-feira, setembro 24, 2010

insuflar os dias
como balões
deixá-los voar
deixar que se percam
deixar que se prendam
em ramos de árvores
em cabos telefónicos
deixar que caiam
em dedos anónimos
ou segurá-los com um cordel
ao pulso
e vê-los perder o ar
mas não a cor
?